O equipamento consiste de uma correia, perfurada em vários pontos, a qual suporta o meio filtrante e permite a ação do vácuo realizado sob a mesma. A polpa é alimentada em uma das extremidades da correia ocorrendo formação de torta, secagem, lavagem (opcional), descarga e lavagem do meio filtrante.

Processo

Este tipo de filtro é o mais eficiente para desidratar polpas heterogêneas. Permite processar grandes vazões de lodos impossíveis de serem realizadas com outros tipos de filtros e podem operar com altas porcentagens de sólidos.

Aplicações

Mineração;

Siderurgia;

Açúcar e Álcool.

Possui também uma grande aplicação na indústria metalúrgica em circuitos onde os sólidos metálicos em suspensão encontram-se dissolvidos em ácidos ou álcalis. Os metais podem ainda ser recuperados a partir de rejeitos sólidos através de sua lixiviação e posterior filtragem e precipitação.

No setor Sucroenergético este tipo de filtro é o mais eficiente para filtração de lodo (areia, bagacilho não queimado e fuligem) sedimentado do processo de lavagem dos gases e limpeza dos cinzeiros das caldeiras.

Vantagens

Suporta variações sistêmicas do processo (altas variações vazões e altas concentrações de sólidos) sem transbordamentos;

Robusto;

Zona de lavagem do tecido totalmente selada;

Alimentador de lodo revestido em borracha natural;

Tubulações da selagem do vácuo e da lavagem do tecido, ambas em aço inoxidável e com filtro “y”;

Rolos de aço carbono revestidos com borracha;

Medidor de espessura da torta;

Coletor de vácuo incorporado aos internos do equipamento;

Sistema de alinhamento da correia e tecido com volante fixo e haste ascendente;

Todas as partes girantes protegidas com telas metálicas conforme NR-12.

Tem alguma dúvida? Entre em contato Conosco.

Contato

Ficha Técnica

Preencha o formulário e faça download da ficha técnica.

Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de lançamentos e eventos.