Aplicação

Os filtros Rotativos a Vácuo Mausa tipo Belt, são característicos pelo sistema que possibilita o destacamento do tecido filtrante da superfície do tambor para descarregar a torta e, em seguida, receber limpeza em ambas as faces antes de entrar novamente na suspensão a filtrar.

São aplicados em todos os tipos de indústrias, sobressaindo-se nos sistemas de tratamento de efluentes. São utilizados também em desaguamento de lamas, separação de sólidos e líquidos, nos processos: químico, de mineração, alimentício, etc.

Funcionamento

O processo de filtração nos Filtros Rotativos a Vácuo Mausa tipo Belt, é efetuado pela pressão negativa criada sob a tela, ou seja, pelo elemento filtrante escolhido para a manta que envolverá o tambor. Com a rotação, um segmento do tambor estará sempre mergulhado na suspensão do líquido e sólido depositados no tanque. Na passagem por este tanque, o segmento está sob a ação do vácuo (pressão negativa), o qual exerce uma sucção do líquido que, ultrapassando o septo, deixa retido neste os sólidos contidos na suspensão.

a drenagem do filtrado é efetuada por conjuntos de tubos em número idênticos aos da câmaras, os quais são posicionados no interior do tambor. Cada conjunto possui diversas tomadas soldadas ao corpo cilíndrico do tambor e, ligadas a coletores cujas extremidades terminam um uma válvula de sucção.

as saídas desta válvula são interligadas ao tanque receptor, o qual além deste bocal de entrada possui outro em sua parte inferior para extração do líquido e, um terceiro na parte superior para a conexão com o sistema de vácuo.

Com o giro do tambor, a formação de sólidos é transformada em camada de torta, a qual é destacada da supefície filtrante quando a manta de tecido se solta do tambor e ultrapassa o primeiro rolo.

Descrição do equipamento

O Filtro Rotativo a Vácuo Mausa tipo Belt, é constituído por um tambor cilíndrico com tubulações internas e com laterais fechadas, nas quais, são fixadas as pontas de eixo ou munhões.

Estes munhões são apoiados em mancais que mantém o tambor suspenso dentro de um tanque onde é depositado o produto a ser filtrado.

Na superfície do tambor são instaladas grades de drenagem sintéticas, as quais são sobrepostas por elemento filtrante em forma de esteira, o qual envolve parcialmente o tambor, passando em seguida na caixa de rolos.

Consiste ainda de uma ou duas válvulas de sucção (cabeçotes de vácuo), dispositivo agitador para o tanque, caixa de rolos com sistema de limpeza do elemento filtrante, calha coletora e, dois acionamentos, sendo um para o agitador e outro para o tambor, este último, com sistema de variação de velocidade.

Materiais construtivos

O equipamento pode ser construído em aço inoxidável, em aço carbono e, em aço carbono com as superfícies em contato com o produto revestidas em aço inoxidável, borracha natural ou ebonite.

Superfície de Filtração

Os Filtros Rotativos a Vácuo Mausa tipo Belt, poderão ser fornecidos mediante a linha padrão com superfícies filtrantes de 5 m² a 75m², ou maiores, mediante projetos específicos para linha especial.

Devido ao contínuo processo de desenvolvimento dos produtos Mausa, as especificações destes poderão ser alteradas sem aviso prévio.

Tem alguma dúvida? Entre em contato Conosco.

Contato

Ficha Técnica

Preencha o formulário e faça download da ficha técnica.

Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de lançamentos e eventos.