Aplicação

Utilizado para a secagem em geral e, recomendado principalmente para processo de produtos sensíveis ao calor, nas indústrias químicas, alimentícias e sucroalcooleiras.

Princípio de funcionamento

A secagem é realizada em um tambor aquecido, mediante processo de transferência de calor através das paredes internas do cilindro, para uma camada delgada de produto úmido aderido à superfície. Após a remoção da umidade, a camada do produto seco é destacada do tambor por meio de faca raspadora.

Secador Escamador Rotativo

Figura 1

Secador Escamador Rotativo

Figura 2

Secador Escamador Rotativo

Figura 3

Secador Escamador Rotativo

Figura 4

Descrição básica
Secador rotativo atmosférico de tambor único

Aquecido normalmente com vapor, é aplicável para secagem de produtos úmidos com boa aderência à superfície (figura 1).

Caso o produto seja extremamente viscoso ou de pouca aderência à superfície do tambor, poderá ser utilizado um rolo aplicador (figura 2).

Secador rotativo atmosférico de tambor duplo

Também aquecido normalmente com vapor, este secador é aplicável para secagem de elevadas produções de material seco (figura 3). A alimentação do produto é executada com a umidade do mesmo entre 50% e 60% (base úmida).

Caso o produto tenha baixa tensão superficial, utiliza-se normalmente a concepção indicada na figura 4, a qual, além de garantir espessura uniforme do produto, minimiza as perdas residuais do produto na bandeja, encontradas nos arranjos anteriores.

Secagem a vácuo

Quando o produto for muito sensível a altas temperaturas, ou houver a necessidade de recuperação de solvente, os arranjos apresentados nas figuras 1 a 4, poderão ser acomodados em invólucros onde é fabricado o vácuo.

Nesse caso, o meio de aquecimento normalmente aplicado é a água quente.

Matéria prima de fabricação

Superfícies em contato com o produto fabricadas em aço carbono, aço inoxidável AISI 304, AISI 316 ou AISI 316L. Facas em aço inoxidável, aço mola, bem como outros materais mediante estudo.

Características operacionais básicas, as quais poderão variar de acordo com o produto a ser processado e sua aplicação
  • Relação do tambor 2 a 10 rpm
  • Pressão de vapor 2 a 5,5 bar man
  • Umidade do produto à saída 0,5 a 10% (base úmida)
  • Produção – produto seco 0,4 a 11,1 g/s.m2
  • Taxa de evaporação de água 0,8 a 24,0 g/s.m2
Equipamento padrão

Secador rotativo de tambor único com invólucro ou coifa e, rosca sem fim ou calha para descarga do produto.

Acionamento através de motor elétrico controlado por inversor de freqüência, redutor de velocidade do tipo de engrenagens, chumbadores e, bandeja para aquecimento por vapor.

Opcionais

Válvula telescópica para regulagem do nível de produto na bandeja.

Aquecimento da bandeja através de resitência elétrica.

Uniões rotativas, invólucros para operação sob vácuo, coifa para captação de particulado para operação à pressão ambiente.

Devido ao contínuo processo de desenvolvimento dos produtos Mausa, as especificações destes poderão ser alteradas sem aviso prévio.

Tem alguma dúvida? Entre em contato Conosco.

Contato

Ficha Técnica

Preencha o formulário e faça download da ficha técnica.

Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de lançamentos e eventos.